12 de julho de 2007

E o Kiko?

Bem, nosso querido excelentíssimo presidente decidiu sair em defesa do Dodô (para quem não sabe, o jogador de futebol pego pelo exame antidopping no começo da semana). Deu na Globo.com (aqui): "Ele não tem cara disso. Eu o acompanho desde o início da carreira, no São Paulo. O Dodô não tem jeito de moleque. Pode ter tomado um negócio qualquer", disse o "seu" Lula. Lindo, né? Olha que eu gosto do Dodô (como são-paulina), mas com tanta coisa pra resolver, tanto assunto mais interessante, presidente do Senado dando uma de louco e se prendendo à cadeira - "Daqui ninguém me tira!", aos brados - 398 CPIs, Operação isso e aquilo... Pra que ele precisa se meter com o Dodô? Alguém me diz?

Um comentário:

Silvia disse...

Oi, Rê! te achei! sentamos lado a lado na "vida real" e eu não tinha vindo aqui te visitar... tsc, tsc, tsc...